sexta-feira, 1 de abril de 2016

Eu e você.

Nunca existiu de verdade!
Eu e você...
Apenas uma possibilidade
do que poderia ter sido nós dois.
Eu e você...
Um evento que não aconteceu...
Uma amostra sem probabilidades...
Eu e você...
Seres diferentes...estranhos...
Eu sou a noite de lua cheia...
Você é um dia de sol...
Eu sou sonho...fantasia...
Você é a realidade dura e fria...
Eu...flexível, aconchegante...
Você...rígido, distante...
Eu sou a estrela que brilha...
Você a nuvem carregada..
Eu sou a brisa de outono...
Você a chuva de inverno...
Eu sou manhã de primavera...
Você é o calor do verão...
Eu sou riso, festa, alegria...
Você é apenas suas manias...
Eu gosto de gente, de companhias...
Você do silêncio de estar sozinho...
Eu sou parte do que poderíamos ser...
Você é um pedaço que não achei...
que se perdeu...se desfez...
Eu e você...
Separados somos nada...
Juntos seremos um?


Nilcéa Almeida

Um comentário:

dinapoetisadapaz disse...

Vi-me inserida no contexto!Ótima prosa, às vezes a gente pensa que aconteceu, mas foi mesmo suposição.
Minha querida Evanir, como estás passando querida, espero que tudo esteja indo bem com você, desejo que seu domingo seja abençoado, que tenhas muita paz.
Bjs saudosos . Amiga te gosto muito.